Galeria da Academia: a sala do Colosso

Salacolosseo

Quando se fala da Galleria dell’Accademia de Florença o nosso pensamento vai direto para o David e as poderosas esculturas de Michelangelo. Na realidade, porém, o museu abriga também outras obras-primas que definitivamete vale a pena admirar.

A Sala do Colosso, a primeira que recebe os visitantes, por exemplo, abriga um grupo de pinturas do século XV e início do século XVI. O nome da sala se refere a um dos modelos em gesso de Dioscuros de Montecavallo aqui expostos até o início do século XX.

Hoje a sala abriga no centro um modelo em gesso de Giambologna para o Rapto das Sabinas, cujo original se encontra na Piazza della Signoria  na Loggia dei Lanzi. As paredes da sala são cobertas de pinturas que remontam ao século XV e ao século XVI, muitos dos quais procedentes de igrejas e conventos de Florença, de artistas como Paolo Uccello, Botticelli, Domenico Ghirlandaio e Perugino.

Compre Bilhetes online

Na parede da direita encontramos a Tebaide de Paolo Uccello, as primeiras obras de Sandro Botticelli e quadros para temas sagrados. Na posição central, é impossível não notar o Cassone Adimari (cerca de 1450) atribuído a Scheggia e que reproduz um cortejo de casamento que tem lugar pelas ruas de Florença.

À sua esquerda se pode ver uma obra pequena em tamanho, mas rica em detalhes preciosos, se trata da Virgem do Mar atribuída a Botticelli e procedente do convento de Santa Felicita. Ao lado tem uma outra obra de Botticelli, o início dos trabalhos, a Virgem com o Menino com São João e dois anjos, onde se pode ver sinais claros da influência do estilo de seu mestre Filippo Lippi.

A parede esquerda em vez, acolhe seis retábulos que mostram o desenvolvimento da pintura florentina do século XV, entre as quais a famosa Pala del Trebbio de Sandro Botticelli provavelmente encomendada por Pierfrancesco de Medici e proveniente da Vila Medici de Trebbio.

Desde dezembro de 2013, se pode também admirar a recomposição parcial do grande retábulo pintado por Pietro Perugino em 1500 para o altar maior da abadia beneditina de Vallombrosa que representa a Assunção da Virgem entre anjos e Deus Pai, com quatro santos. Ao lado do Retábulo encontramos a Ressurreição de Raffaellino del Garbo e uma Deposição de Cristo da Cruz iniciada por Filippino Lippinella mas terminada depois por Perugino à sua morte.

Compre Bilhetes online