O melhor do Val D’Orcia

val dorcia

Ao fechar os olhos, imaginamos uma paisagem toscana - aquele clássico, com o céu azul e as doces colinas pontilhadas de oliveiras ou fileiras de vinha que terminam em campos de trigo movido pelo vento - eis, justo esta imagem, é a perfeita fotografia do Val D’Orcia.

Se trata de uma área talvez apenas menos conhecida do que o famoso Chianti, mas tão extraordinária que ganhou a designação de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2004. O Val d’Orcia se estende entre as províncias de Siena e Grosseto. È um ponto de partida ideal para umas férias na Toscana, repleto de excelentes e características acomodações.

Do agroturismo ao B&B, do hotel à casa de férias as estruturas aqui são muitas e se adaptam às diferentes necessidades de cada um. A solução do agroturismo, neste caso, se revela sem dúvida, a melhor, aquela que oferece a possibilidade aos visitantes de viver em contato íntimo com esta extraordinária natureza, relaxando-se à beira da piscina, mas também praticando equitação, permitindo-se desfrutar, plenamente, de longos passeios de exploração e das delícias culinárias da região.

Durante umas férias na Toscana, e, especialmente no Val D’Orcia, não se pode perder uma visita às pequenas aldeias encantadoras que pontilham a área: Montepulciano, Pienza e Montalcino.

Moltepulciano é uma das aldeias mais característicos da Toscana, é produzido o famoso Vino Nobile di Montepulciano. Uma bela caminhada pelas ruazinhas da cidade, terminará, portanto, necessariamente com uma bela degustação de vinho, talvez acompanhado por salame de cinta senese. Não se esqueça de comprar també algumas garrafas de vinho para beber depois do retorno ao agroturismo ou em casa recordando as férias.

Uma outra cidade característica do Val D’Orcia conhecido em todo o mundo pelo seu precioso vinho é Montalcino, caracterizado por uma  fortaleza que remonta ao século XIV, da qual se pode desfrutar de uma vista deslumbrante de tirar o fôlego sobre o vale. Aqui também o dia termina numa mesa bebendo um bom copo de Brunello, produzido nas suas próprias adegas por aqui. Mas passamos agora do vinho ao queijo.

Pienza, uma outra destas graciosas aldeias da área do Val D’orcia, é na verdade, conhecida pelo seu queijo de ovelha. Andando pelas ruas da cidade,  você vai encontrar dezens de lojas com inúmeros tipos diferentes de queijo de ovelha, mais ou menos curado ou condimentado com trufa, pimenta, ervas, mosto e outros. Na praça principal se encontra o Palazzo Piccolomini, um entre os primeiros exemplos de arquitetura renascentista, com um gracioso jardim pequeno que oferece uma sensacional vista sobre o Val d'Orcia.

Entre as maravilhas que esta área oferece, também existem as águas termais. Não perca, em seguida, uma última parada nas fontes termais naturais Bagni San Filippo, piscinas naturais a céu aberto rodeadas por bosques e vegetações.