Hospedar-se em Pisa: conselhos práticos

pisa

Você está planejando sua estadia na cidade da Torre Inclinada mais famosa do mundo? Entre B&B, hotéeis, pensões e apartamentos Pisa oferece certamente muito por onde escolher. Mas como orientar-se entre as várias propostas sem emcontrar algumas decepções desagradáveis? Eis aqui alguns conselhos práticos para fazer você desfrutar de suas férias e aproveitar ao máximo o temo disponível.

Em primeiro lugar temos que considerar o que esperamos da estadia em Pisa: museus, vida noturna, eventos especiais. Dizemos, no entanto, que o centro da cidade está dividido, dentro das muralhas, em quatro bairros principais: Sant’Antonio, San Martino, Santa Maria e San Francesco. São todos bairros ricos de arte e cultura, assim como de vida universitária.

Fora das muralhas, ao  sul do rio Arno, perto da estação central, a Porta do Mar, se abre – de fato - na direção do  mar. Do lado norte do rio Arno no entanto , encontramos a Porta Lucca, o bairro residencial caracterizado pelo estilo de viareggio e Porta Nuova, onde se encontram algumas das maiores faculdades do Polo Universitário. A zona de Barbacina com o famoso Hipódromo San Rossore, é um destino muito popular no verão para os dias ao ar livre. E também Porta Piagge é um bairro imerso no verde ao longo do rio Arno, onde se pode correr ou relaxar na natureza.

Como em cada cidade, especialmente aquelas mais populares do ponto de vista turístico, as possibilidades vão desde grandes hotéis de luxo ao gracioso B&B, a apensões mais íntimo. Naturalmente os preços vão, consequentemente, de cifras a diversos zeros, a alojamentos de baixos preços, entre os quls, no entanto, você pode encontrar algo bonito e acolhedor.

Cada um então, avaliará, com base nos lugares que decide visitar, e também co base de acordo com os meios pelos quais  chegará em Pisa, a zona melhor na qual procurar a sua própria acomodação.

De fato, não se diz que seja preferível uma estrutura super-centralíssima. Pisa é uma cidade muito pequena e funciona bem também a pé ou com os meios de transportes públicos e o centro histórico da cidade, fechado dentro das muralhas, é o tráfego em grande parte limitado.  90% dos elementi de interesse turístico se encontram nesta área, A Praça dos Milagres e a Torre Inclinada incluídas..

Chegando de carro por isso poderá ser mais útil e mais confortável avaliar uma estadia em uma estrutura fora do centro histórico, para que você tenha fácil acesso aos monumentos e aos lugares de maior interesse sem, ao mesmo tempo ter problemas de estacionamento.

Quem, ao contrário, chega de avião ou de trem pode reservar dentro das muralhas, ou apenas do lado de fora, para você poder girar tranquilamente a péi. A propósito de avião, próximo do aeroporto existem várias instalações que oferecem preços mais vantajosos, mas são, decisamente mais desconfortáveis para visitar a cidade.