Uma visita a Pienza, a cidade do  queijo de ovelha

pecorino pienza

A Toscana é conhecida em todo o mundo pelas suas delícias culinarias, entre as quais,  especialmente, o pecorino. Um dos melhores na Toscana, e também o mais conhecido, é sem dúvida o de Pienza. Se você é apreciador de queijo, então porque não pensar em um período de férias em Pienza, nos arredores de Siena onde a naturrza se mistura com a história antiga e os maravilhosos sabores da Toscana? Umas férias em uma fazenda em Pienza lhe dará, seguramente, a oportunidade de descobrir paisagens extraordinárias e deliciosos sabores da região, em primeiro lugar o pecorino.

As origens do queijo pecorino de Pienza, estão enraizadas na história mais antiga. Os primeiros vestígios deste tipo de queijo, de fato, parecem remontar ao período Neolítico. Foi, pois, Plinio o Velho a nos dizer  como os Etruscos fizeram os grandes e saborosos queijos pecorino.

O pecorino de Pienza é um queijo de sabor particular, isto porque vem do leite produzido pelas ovelhas que pastam nas famosas “crete”, terrenos argilosos típicos do Val d’Orcia. Aqui cresce uma mistura de ervas aromáticas como a segurelha, hortelã, tomilho selvagem, que infundem no leite a sua fragrância típica tornando inconfundível o sabor do queijo.

Existem diferentes tipos de queijo pecorino: o fresco, com 30 dias de maturação, que o sabor é delicado e doce; o semi-maturado, com 2 meses de maturção, o sabor doce e moderadamente aromático; o maturado, com um envelhecimento que vai de 2 a 4 meses que se caracteriza por uma pasta consistente e um sabor mais saboroso.

O queijo pecorino de Pienza pode ser saboreado sozinho ou, ainda melhor, acompanhado da uma seleção de mel e geleias, com um bom pão toscano e  deliciosos embutidos da região.

Mas em Pienza as atrações não são somente culinárias. É, de fato, uma esplendida cidade renascentista que domina do alto o Val d’Orcia, situada a 20 quilômetros de Montalcino e a alguns quilômetros de Montepulciano na belíssima região do Val d'Orcia, entre suaves colinas e deslumbrantes panoramas.

Esta encantadora cidade é sobretudo conhecida como criação do grande humanista Enea Silvio Piccolomini, tornando-se depois Papa Pio II. Ele tinha condições econômicas e influência adequadas para poder trasformar  sua humilde aldeia natal, Corsignano, na cidade utópica, que deveria incorporar os princípios e a filosofia da idade clássica e do grande Renascimento italiano.

O projeto foi confiado ao arquiteto Bernardo chamado o Rossellino, sob a orientação do grande humanista Leon Battista Alberti. O resultado foi um complexo de belíssimos e harmoniosos palácios como a Catedral, a residência papal (Palazzo Piccolomini), a Prefeitura, e a praça central.

Pienza é também um excelente ponto de partida para visitar o Val d'Orcia hospedando-se em um agroturismo ou em uma casa de férias. Se encontra, de fato, a poucos quilômetros de Montalcino, San Quirico d'Orcia, Montepulciano e Bagno Vignoni conhecida por suas fontes termais.