Tudo sobre o David de Michelangelo

david michelangelo ticket

Escultura considerada entre as mais belas jamais realizada pela humanidade, o David de Michelangelo é uma das maiores obras-primas da escultura de todos os tempos. Como todas as coisas preciosas e importantes, também o David tem uma história especial, descobriremo-la juntos.

Em julho de 1501 Michelangelo Buonarroti foi chamado de volta a  Florença  por uma comissão da Opera del Duomo. Ele foi convidado para trabalhar em uma estétua de proporções grandiosas, um David, que devia ser esculpido em um grande bloco de mármore que estava deitado abandonado no pátio da Catedral. Este bloco de mármore branco de Carrara já tinha sido confiado  a dois escultores, Agostino di Duccio em 1464 e a Antonio Rossellino em 1475, mas por ambos  tinha sido abandonado devido as numerosas imperfeições do material, que poderia por em arrisco a estática de uma obra de tamanho excepcional.

Naquela época Michelangelo tinha apenas 26 anos de idade, mas  já havia se tornado o mais famoso e bem pago artista da época, graças à beleza esculpida na Pietà do Vaticano. O jovem Michelangelo aceitou o desafio e, em seguida, durante três anos, de 1501 a 1504, trabalhou incessantemente para a realização do David.

A Opera del Duomo tinha estabelecido o tema religioso para a estátua, mas ninguém havia  previsto tal interpretação pelo artista. No Livro de Samuel da Bíblia é de fato  narrado o episódio do jovem pastor David que enfrenta o temível gigante chefe dos Filisteus, Golias. O rei ebreu Saul ofereceu a sua armadura ao rapaz, mas ele se livrou, porque  era demasiado grande pera a sua pequena estatura. Assim, armado apenas com estilingue, David enfrentou o gigante atingindo-o na cabeça com uma pedra e depois decapitando-o. Michelangelo retratou David no momento antes de enfrentar o Gigante, com a figura em tensão, os músculos contraídos e a concentração nos olhos. O corpo, pelos músculos poderosos, parece pronto para se mover,  para se atirar contra Golias. Michelangelo escolheu representar um David também completamente nu, armado apenas com sua fé em Deus, a razão e o intelecto, e com funda e pedra.

Compre Bilhetes online

A estátua se inspira, sem dúvida, aos cânones estéticos da cultura clássica, mas também encarna o homem do Renascimento, forte pela sua moralidade e racionalidade, protagonista da história e consciente da sua capacidade. A expressão do rosto indica a força moral do personagem e a superioridade da razão humana com relação à força bruta irracional. David está pensando, antes de atacar o seu inimigo.

A estátua, conm os seus 4,10 metros e as suas cinco toneladas de peso, foi apresentada à comissão da Opera del Duomo e ao Gonfaloneiro da República Florentina, Pier Soderini, em 1504 provocando imediatamente uma grande surpresa pela sua excepcionalidade. Depois de um longo debate, foi escolhido para o David de Michelangelo um lugar de absoluto prestígio em frente ao Palazzo della Signoria, onde chegou graças a um transporte difícil e  ousado pelas ruas da cidade. “O Gigante” passou sob os olhos atônitos dos florentinos pelas ruas do centro até a Piazza Signoria 14 de maio de 1504 à meia-noite com mais de quarenta homens para transportá-lo e chegou ao seu destino quatro dias depois.

A escolha de ter a estátua na piazza della Signoria imediatamente fez o David um símbolo da liberdade contra os inimigos poderosos da época e tornou-se assim, desde o início, um porta-voz dos valores de orgulho, coragem e força da República Florentina.

Mas ainda não tinha terminado. Michelangelo continuou trabalhando para o acabamento  do David durante o verão, e foi finalmente inaugurado em 8 de setembro de 1504 em frente ao Palazzo Vecchio onde permaneceu até julho de 1873, quando se decidiu remover a obra para dentro da Galleria dell'Accademia para evitar que agentes atmosféricos pudessem danificá-la posteriormente. Hoje na Piazza della Signoria permanece uma cópia.

Compre Bilhetes online