Palácio Piccolomini Bilhetes

a partir de 11,00 mais os custos de serviço de € 0 * Pienza Piccolomini
Categoria: Bilhetes para os Museus
Localidade: Pienza, Itália
Pienza Piccolomini Pienza Piccolomini Pienza Piccolomini

Visite o Palácio Piccolomini!

Em 3 simples passos você pode comprar os bilhetes para visitar o Palácio Piccolomini.

Com poucos cliques poderá visitar este belíssimo Palácio, um  dos primeiros exemplos de arquitetura Renascentista, com o seu pequeno jardim que oferece uma sensacional vista sobre o Val d'Orcia.

Não perca tempo inútil durante suas férias esperando em filas. Compre os bilhetes online com o nosso sistema fácil e seguro!

Não perca seu tempo, conte conosco!

No nosso site você encontra todas as informações necessárias: como funciona o sistema, a segurança das transações ou como ter maiores informações sobre suas compras passadas ou futuras.

IMPORTANTE: Em caso de não disponibilidade o horário confirmado poderá não ser necessariamente aquele indicado por voce. O museu confirmará o horário disponível mais próximo daquele solicitado  na mesma data.

Que coisa faz este tour único?

  • Visite um dos primeiros exemplos da arquitetura Renascentista
  • Admire o giardino e a sua extraordinária vista sobre a Val d'Orcia e o Monte Amiata
  • Permaneça no museu quanto quiser

Bilhetes reduzidos e gratuitos

Bilhete Reduzido:

  • Grupos (no mínimo de 15 e no máximo de 25 pessoas)
  • Estudantes Italianos

Bilhete Gratuito:

  • Crianças até os 5 anos
  • Pessoas portadoras de deficiência

O custo do serviço e o custo de eventuais exposições serão cobrados.

Audioguia

Disponível em Italiano, Inglês, Francês, Alemão e Espanhol.

O serviço está incluído no bilhete.

Livraria

No Palácio existe uma loja no andar térreo, onde se pode comprar guias em varários idiomas, publicações e objetos criados em torno da figura de Enea Silvio Piccolomini, signos, símbolos e formas do Palácio, de Pienza e de seu território.

Loja de Vinhos

Se encontra no andar térreo do Palácio.

Visitantes portadores de deficiência

O Palácio é acessível para pesoas portadoras de deficiência.

O Museu se encontra na Praça Pio II n°2 - Pienza.

Palácio

O Palácio Piccolomini de Pienza, residência de verão de Enea Silvio Piccolomini, Papa Pio II, é um dos primeiros exemplos de arquitetura renascentista.

História

Edificado em 1459 pelo conhecido arquiteto Bernardo Rossellino, aluno de Leon Battista Alberti, foi recentemente reestruturado, trazendo assim à tona o seu antigo esplendor, seja interna que externamente. O complexo arquitetônico se apresenta como a realização do ambicioso projeto humanístico de cidade ideal de Pio II.

A família Piccolomini habitou o Palácio até 1962, ano em que a propriedade passou por testamento ao Ente moral de Siena Sociedade de Executores di Pias Disposições.

As salas secretas e o Jardim

Inspirado no Palácio Rucellai em Florença desenhado por Leon Battista Alberti, o edifício em bossagem é a planta quadrada e compreende 3 andares com duas filriras dede janelas moduladas por pilastras. No interior se abre um pátio  retangular com um pórtico sustentado por colunas de pedra. As salas secretas no andar nobre (sala de almoço, biblioteca, dormitórios ), mostram os apartamentos papais decorados com móveis antigos, objetos, quadros e preciosas obras de arte. Mas a verdadeira particularidade reside na relação entre arquitetura e paisagem, estabelecida pelo pequeno jardim quadrado típico renascentista, rodeado por muros com um poço octogonal ao centro que leva o emblema de família; daqui se desfruta de uma belíssima vista sobre a Val d'Orcia e sobre o Monte Amiata.

Descrição do Palácio

os Comentários de Pio II

"O 8 de  agosto de 1462 a noite profunda chegou a Pienza seguindo o estreito caminho que leva até a praça da cidade. A beleza austera e a dignidade daquelas costruções as fizeram esquecer o pensamento e a assédio do custo exorbitante. O palácio é quadrado, com 90 pés de altura de pedra viva de baixo até o ponto mais alto trabalhada finamente pelo cinzel do pedreiro. São duas fileiras de janelas notáveis pela amplitude e design, vinte e três por cada um dos andares, equidistantes uma da outra. Três homens poderaiam debruçar-se simultaneamente em cada janela, dividida em três partes por finas colunas. Abaixo de cada ordem de janelas há uma faixa ornamental chamada moldura que assim coroa duas vezes todo o palácio. Os  ângulos do palácio  e entre as janelas estão fixados escudos de pedra nos quais brilham as insignias apostólicas da família Piccolomini em ouro, prata e outras cores. No lado norte ao centro se admira um esplêndido e enorme portal que costitui a entrada principal. No quarto lado que olha o meio dia e o Monte Amiata construiram três galerias sobre colunas de pedra; o primeiro pórtico, sob uma alta e austera abóbada, oferece uma agradabilíssima paisagem no jardim adjacente; o segundo com um teto de vigas decorado com pinturas de cores vibrantes oferece uma agradável  sala de  estar no inverno. Quem entra no palácio pela porta principal se encontra em um pátio quadrado sustentado por colunas de pedras de dezesseis pés de altura, unidas perfeitamente na base e nos capitéis. Aqui estão as salas de almoço de inverno, verão e de meia estação, dormitórios reais e despenças. Através este pórtico ou saguão se se vira à direita encontra uma escadaria que leva às salas do segundo andar. No andar nobre se apresenta uma galeria, o teto com vigas decorado e ante-salas e salas. Tem uma lareira em mármore branco artisticamente trabalhada, e o teto em caixões. O edifício está exposto de tal maneira que é adaptado a todas as estações, protegido do calor e do frio excessivo".

Pienza Piccolomini Pienza Piccolomini Pienza Piccolomini
Voltar acima
(*) O custo do serviço é mostrado na página Carrinho/Caixa depois de ter clicado em Adicionar ao Carrinho e depois em Como é calculado.

 Poderia lhe interessar também: